Oportunidades

Como importar papel de parede

Aprenda nesse guia como importar papel de parede e quais os principais aspectos nessa operação.

Redação Gainholder 11 Nov 2020 • 5 minutos
Como importar papel de parede

CENÁRIO: O setor de decoração e arquitetura está vivendo uma das suas melhores fases. A capacidade de acesso a tendências através da internet gerou uma nova perspectiva, mais cosmopolita e independente.

A modernidade entrou com pé direito trazendo novos conceitos que inspiram não só pelo design, mas também para uma consciência de ecológica e sustentável.

A prova disso são as estatísticas, em 2018 conforme o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil o setor cresceu 5,8% em relação ao ano anterior, com mais de 1,5 milhões de serviços prestados por arquitetos e urbanistas. O Setor da construção civil endossa com um crescimento de 1,6% em 2019 segundo o estudo do IBGE e o mercado do mercado imobiliário com alta de 15,45% nos lançamentos e 9,7% na venda de imóveis conforme dados disponibilizados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

NA PRÁTICA: A importância de comprar bem é fundamental para que seu negócio decole. Decidir a compra exclusivamente por baixo preço não é recomendado e pode gerar frustações por vendas estagnadas. O mercado brasileiro está muito atento as tendências, e ter em seu portfólio itens que correspondam as expectativas do cliente é uma decisão estratégica.

Esse mapeamento pode ser realizado por profissional interno com experiência ou especializado como arquitetos e decoradores.

Com o produto selecionado deve partir para a classificação do produto, hoje a código do papel de parede da NCM é 4814.20.00 ou 4814.90.00. A correta classificação é fundamental para desdobramento da importação, e na sua incorreta codificação pode levar a importação a multas e lentidão na liberação alfandegária. Outro aspecto importante é que através dela é possível saber quais são as alíquotas dos impostos incidentes na importação, tratamentos administrativos e ações regulatórias em alguns casos. Um fato curioso e muito comum é a incorreta classificação no mercado interno brasileiro. Por não haver uma fiscalização efetiva como na importação, o mercado doméstico acaba mais propenso ao erro. A classificação é formada por 8 dígitos.

Os principais mercado fabricantes de papel de parede são China e USA. O mercado norte americano é referência na fabricação já na China é destaque pela oferta de preços mais acessíveis.

Importar papel de parede
Exemplos de itens de papeis de parede que podem ser importados

A PESQUISA

O próximo ponto é a pesquisa de mercado internacional para encontrar um ou mais fornecedores. Para que não se tenha perda de foco seguem algumas dicas:

a) INICIANTES: A pesquisa deve ser concentrada na CHINA. O seu interesse para o momento é poder ter uma linha de produtos completa para que o cliente encontre o que procura na sua empresa e ainda tenha preço competitivo.

b) EXPERIENTES: Sua demanda é encontrar novos produtos renovando ou ampliando sua linha ou busca de marcas profissionais. Nestes casos é fundamental construir com seu fornecedor a sua expectativa de receber novidades ou novas marcas que estão tendo destaque internacional.

A pesquisa sempre deve ser conduzida por uma empresa especializada principalmente para perfis iniciantes. A pesquisa da Gainholder é desenvolvida em 2 etapas. A primeira são questões técnicas, ou seja, tudo que cerne a especificidade ou prerrogativas estabelecidas pelo cliente. A segunda é a Comercial que cerca todos os aspectos relevantes da negociação, garantia, prazos de entrega e pagamentos, dentro outros fatores.

INSPEÇÃO DE EMBARQUE

Como no Brasil requer cuidados para adquirir produtos de uma empresa desconhecida no mercado internacional não difere. A Inspeção resguarda que seu investimento está sendo aplicado ao fornecedor correto. A nível da inspeção varia em acordo com o produto e grau exigência apresentado pelo cliente.

a) Quantitativo – Conferência parcial (Amostragem) ou Total sobre o produto a ser embarcado. (número de itens por caixa, número de caixas, etc).

b) Qualitativo – Conferência do acabamento, medições, laboratorial, etc.

A Gainholder realiza a Inspeção.

PLANEJAMENTO DA IMPORTAÇÃO

Esta é a principal atividade a ser desenvolvida. Através dela é possível identificar todos os custos envolvidos na operação da mercadoria, frete internacionais, despesas aeroportuárias, custas e impostos. Todavia, não só pode o cliente avaliar a importação por uma planilha. É fundamental se atentar que a mercadoria está outro país e existem fatores alheios que não estão registrados em números, o conceito da Operacionalização. A operação merece toda a atenção pois através dela é que se consegue executar ou não os custos planejados. Confira algumas pontos analisados:

a) A embalagem padrão suporta a logística internacional mantendo a integridade do produto até o destino final?

b) O produto possui exigência de ação regulatória por parte de algum órgão anuente?

c) A carga precisa ter uma Licença de Importação deferida antes ou depois do embarque?

d) A liberação alfandegária requer documentos complementares para ser conclusa.

Essas são algumas das análises operacionais, e são vitais para evitar que a mercadoria chegue no Brasil porém esteja impedida de ser liberada até o cumprimento ou adequação das exigências da Receita Federal e/ou órgão anuente.

A OPERAÇÃO

A operação é para algumas empresas importadoras o calcanhar de Aquiles. Pela razão de economia empresas buscam realizar a atividade de operacionalizar a importação. Como qualquer atividade especializada quando realizada fora padrões exigidos a empresa terá que administrar prejuízos. A Gainholder oferece a uma solução normatizada pela Receita Federal que chamada importação na modalidade de Conta e Ordem. Essa operação nada mais é que um serviço prestado no gerenciamento e operacionalização da importação. A Gainholder passa ser a responsável por todo o processo aliviando todo e qualquer incomodo ao cliente.

Vale lembrar que a importação em si toma tempo e exige a atenção de vários departamento da empresa, e nem sempre estes profissionais estão disponíveis ou existem dentro da empresa.

EMPREENDORISMO

O ato de empreender é uma arte individual com uma sensibilidade apurada para oportunidades. Caso este artigo tenha despertado um centelha na sua visão de negócio alimente seu objetivo com uma empresa que possui experiência para fazer sua empresa se tornar uma máquina de venda através do Comercio Exterior.



Dúvidas frequentes

🔎 Posso importar amostras para verificar a qualidade do produto?

Sim, a importação de amostra pode ser realizada para fins de validação.

✔️ Preciso estar habilitado (RADAR) para poder importar?

Sim é necessário estar habilitado.

💵 Vale a pena trazer um container fechado ou quantidade menores?

A condição de compra determina o ponto de equilíbrio. A atenção deve ficar na quantidade que torna a importação viável, isso pode ser 1 pallet, 1 container ou outro quantitativo.

⏰ Quanto tempo demora o processo contados do embarque?

Considerando o modal marítimo o transit time é em média 40 dias, entretanto o real prazo depende da rota do navio e isso varia por armador.
Comentários
.