Classificação Fiscal

Um simples código com desdobramentos complexos. Veja as razões para não subestimar a classificação.

  • Você não precisa gastar mais horas para encontrar a classificação correta do produto.
  • De uma maneira simples e online você insere as informações sobre seu produto e a Gainholder cuida do resto.
  • Um erro na classificação pode gerar muita dor de cabeça (multa, correções, prazos dilatados e maior custo). Saiba como evita-las.
  • Sua empresa pode ser penalizada em 1% do Valor Aduaneiro, mínimo de R$ 500,00, Limitado a 10% do valor da D.I.

Vantagens

Confira algumas vantagens únicas ao utilizar o serviço de Classificação Fiscal da Gainholder.

Highlights

  • Processo de liberação alfandegária fluído.
  • Redução da entrada no estoque de itens iguais com codificação diferentes (NCM).
  • Planejamento tributário mais eficiente.
  • Redução de linhas da planilha de custos para previsão de custos não previstos (multa, atrasos, etc.) – “gordura de processo”.
  • Empresas Competitivas conhecem seus processos e detalhes.
  • Qualifique melhor a empresa na liberação alfandegaria, menos erros mais chances de parametrizações em canal verde.
Classificação Fiscal de produtos Online

Online

Utilização online, fácil, ágil e disponível 24h.

Contrate Online

Fácil inserção

Inserção de dados de forma descomplicada sendo analisados e validados, ainda, podendo ser homologados pela Receita Federal.

Contrate Online
Classificação Fiscal NCM Online

Atendimento multicanal

Na operação, seu contato é transformado em ticket de atendimento (SLA)

Classificação Fiscal

Classificação fiscal de produtos (NCM) Online

O processo de classificação fiscal de um produto é o primeiro passo para a importação. A fiscalização da Classificação Fiscal é de competência da SRF (Secretaria da Receita Federal). Seja matéria-prima, produto semiacabado/acabado ou imobilizado. Neste processo são determinadas as alíquotas dos impostos incidentes, tratamentos administrativos, licenças e ações regulatórias.
Qualquer produto pode ser comercializado no mercado interno ou externo, desde que esteja com uma codificação adequada, chamada NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL).
A NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL) é um código de oito dígitos estabelecido por países do MERCOSUL (Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina) para identificar a natureza das mercadorias. Todo e qualquer produto, importado ou comprado no Brasil, requer um código de NCM.
Se uma determinada mercadoria não for classificada corretamente, podem ocorrer os seguintes problemas:

  • Atrasos no processo de liberação alfandegário;

  • Custos adicionais ao processo;

  • Multas;

  • Aumento da estatística de canal vermelho (pelo qual a mercadoria somente é desembaraçada após a realização do exame documental e da verificação física da mercadoria).

A Gainholder preserva muito que todo cliente tenha a oportunidade de validar informações específicas, a partir de uma consulta rápida e resolutiva. Contamos com profissionais qualificados para recomendar a melhor classificação de acordo com a NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL), para a sua empresa.
Pensando nisso em nosso portfólio de soluções para contratação online, disponibilizamos a Classificação Fiscal garantindo aos clientes:

  • Precisão no processo de Classificação Fiscal;

  • Qual é a NCM indicado;

  • Visão Holística do processo;

  • Evitar penalidades das autoridades aduaneiras.

Nosso compromisso é tornar o processo de importação completamente viável, para empresas que estão em expansão e de olho em novas oportunidades. Sabemos que o mercado de COMEX exige algumas adequações e, por esse motivo, há 15 anos contribuímos no desenvolvimento pequeno, médio e grandes empresas. A Classificação Fiscal da Gainholder é realizada forma assertiva para garantir o processo de Importação da sua empresa com a menor incidência de impostos e riscos de questionamentos pela Receita Federal durante uma inspeção.

Siga a Gainholder

Copyright 2018 - 2019 © Gainholder. Todos os direitos reservados.